Se chorar adiantasse alguma coisa, pica pau morria feliz. (Do que que eu tô falando!?!)
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2008
Parô!

By Marcel (infelizmente)

 

Parô! Parô meu coração!

Aquele segundo de paradinha

Igual aquele sopro que nasce com alguns

Aquele defeito de fabricação.

Parô! Parô meu coração!

Quando viu quem há muito eu não via

Quando meu pai me levou na roda gigante

E senti aquele frio na espinha!

Quando o menino me parou na rua,

Parô meu coração!

Exigindo o meu dinheirinho

Pra gastar com drogas e prostituição

Quando o padre avisou que não ia

Pro céu quem não fosse menino bão

Ai, meu Deus! Parô! Parô meu coração!

No dia em que minha vó foi pro céu,

Pegando todo mundo de supetão

Quando o cometa Halley passou na minha cidade

E reuniu todo mundo pra ver nenhuma novidade.

Quando chegou o ano dois mil

E mandamos o fim do mundo

Para a puta que o pariu!

Parô! Parô meu coração!

O moleque me esperando na saída da escola

Pra brigar em frente ao portão

Quando a menina que eu paquerava

Finalmente disse não

Quando papai torto me olhava

E quando mamãe me dava sermão

Quando a pedra que mirei lá de longe

Saiu voando da minha mão

Eu sorrindo enquanto ela acertava

A vidraça do Seo Sebastião

Quando o homem do saco aparecia

Em companhia do bicho papão

Quando os barulhos da noite lá em casa

Faziam-me pensar que fosse ladrão

Quando na escola eu mudava de classe

Quando a enfermeira preparava a injeção

Com o cheiro do formol, de hospital

Com a sala de recepção

Parô! Parô o meu coração!

Quando a vida me apresentou o trabalho

Contas pra pagar e a solidão

Quando o sorriso saiu do meu rosto

Quando as brincadeiras já não tinham mais o mesmo gosto

Quando o frio e o quente tornaram-se morno

Ai, meu Deus! Parô o meu coração!

Quando a menina olhou nos meus olhos

Sorriu e pegou na minha mão

Aí, foi o tempo que parou desde então

E agora eu vivo segurando meu peito

Porque disparô o meu coração!

 


tags:

postado por Marcelzero às 17:18
link do post | comente | favorito
|

2 comentários:
De Alexandra a 21 de Setembro de 2008 às 13:52
Má, parabéns, tô até emocionada com tanto talento.
Te amo...


De Marcelzero a 25 de Setembro de 2008 às 17:54
Tia coruja, é fooooda...rsrsr...


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
links
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28


posts recentes

Espera

Espelhinho

Menina

Pé com pé

Menino-Homem

Dia após dia

A Igreja e Os Beatles

Fosse

Deus salve o Brasil!

Pena

Banho de Parede

Implicância

Reflexão

Meu amigo que mora do out...

A canção do amor

arquivos

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds